Um pouco de adrenalina

Sábado passado, M. e eu fomos no Red Bull X-Fighters em Londres. O evento foi realizado em frente a Battersea Power Station, uma das vistas mais interessantes, a meu ver, de Londres. O por que? Simples! Lembra nos livros de história, que tinha uma fábrica, com chaminés enormes, símbolo da Revolucao Indústrial? Olha ela aqui.


Com o cenário impecável, M. e eu assistimos aos saltos e piruetas dos motociclistas/atletas/loucos. Como é que pode o cara pular com a moto, soltar as maos e os pés e ainda voltar a moto e “pousar” como se tivesse apenas passado por um quebra molas rápido demais?!

Logo no início, pertinho de nós, um dos competidores, ainda no aquecimento, nao aterrisou bem e voou em direcao a platéia. Nao é exagero quando digo que sua moto foi parar a menos de 10 metros de onde M. e eu estávamos. O competidor, no entanto, se levantou, foi ovacionado pelo público e voltou a competicao.


Estava exausta. Tínha andado por meia Londres, e agora estava lá, de pé. Todas as bebidas que vendiam, acreditem, eram da RedBull! Dah! Inclusive RedBull Cola! Ecati, nao tive nem coragem de provar. Logo que li e descobri a existencia de tal refrigerante, se assim podemos chamá-lo, me veio o gosto daqueles refrigerantes de 4a categoria, que parece que foram feitos de água gasosa e suco de saquinho sabor Cola e Guaraná.

Entao, voltando ao evento… Era para ter comecado as 8 da noite, mas o primeiro competidor só foi entrar na arena por volta das 10. Já nao aguentava meus pés. Fomos para lá a pé, o carinha do hotel onde ficamos (hotel este que merece um post só sobre ele) falou que era uma caminhada tranquila, de no máximo 20 minutos. Demorou 40! Como havia chovido o dia todo, o chao do evento nao era nada daqueles que voce pode dar uma sentadinha enquanto espera. Ou seja fiquei de pé por horas a fio.

Perto de nós, haviam dois casais. Durante a espera do evento eles soltaram umas bolas coloridas, estilos de praia, para distrair o publico. Ela estava toda lamacenta, suja, e os homens ao redor estavam de olho nelas para proteger-nos de um eventual encontro com as dignissimas. Foi numa dessas protecoes que comecamos a conversar. M. havia saído para comprar bebidas, e nao conseguia me achar. Os casais, que tinha acabado de conhecer comecaram entao a abanar flyers, levantar as namoradas, gritar, bater palmas, para me ajudar a reecontrar o M. Acreditem. Deu certo!

No final, valeu a pena. Me diverti horrores vendou aqueles loucos fazerem manobras que eu achava que eram fáceis, ou mesmo truques. O evento é na verdade um espetáculo!

Anúncios

Um pensamento sobre “Um pouco de adrenalina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s