S.A.D.

Jingle bells, jingles bells, jingle all the way…

Natal, tempo de ser feliz, de dar presentes, de mandar aqueles cartões natalinos (odeio essa palavra) para a parentada, de jantar da firma onde todos vão porque a conta é por conta do chefe, loucura nos shoppings, enfim, felicidade estampada na cara de todos os seres humanos, certo? Errado. Erradíssimo.

Não se preocupem, não vim aqui para discursar sobre o quanto odeio Natal, pois muito pelo contrário, ADORO. Acho que só não gosto da parte de arrumar a casa, porque a Senhora minha mãe, sempre me incumbiu dessa tarefa. Ela ama Natal, como eu, e tem milhões de enfeitinhos! Ou seja, pelo menos dois dias arrumando a casa. Mas, então, essa época, aqui na Inglaterra, acontece um fenômeno curioso. No início achei que era BS – bullshit (conversa pra boi dormir), mas outro dia vi uma notícia no jornal, e resolvi ir no pai dos burros, google mesmo, para saber sobre o fenômeno.

S.A.D. – Seasonal Affective Disorder (Transtorno Afetivo Sazonal) ou Winter Blues.

SAD – Triste; tristeza.

Essa forma de depressão não poderia ter um nome melhor. A S.A.D afeta cerca de 7% da população inglesa, e normalmente aparece entre setembro e abril. Ela está relacionada à falta de sol. Durante as festas de final de ano parece piorar.

Quem me conhece, sabe das estórias do trem não funcionar porque alguém se jogou na linha do trem. Normalmente acontece próximo ao Natal e Reveillon. A depressão é tamanha que, durante as festas, por ser um momento muito família, e aqui, diferentemente do Brasil, as famílias, tendem a não morar tão próximas umas das outras, muitas pessoas passam sozinhas, aumentando ainda mais o grau da depressão, podendo levar ao suicídio.

Pense: o sol nasce por volta das 7:15 da manhã aqui. Você vai pro escritório as 8:00. Trabalha, trabalha. No almoço, por causa do frio, come alguma coisinha na cafeteria do escritório mesmo. Sai às 17:00. O pôr-do-sol nas bandas de cá acontece por voltas das 16:00. O carinha nunca vê o sol!

Quando você é diagnosticado com S.A.D. o tratamento é tão bobo que quase tira a seriedade da doença. Se tiver S.A.D. você deve sentar-se próximo à janelas, sempre arrumar tempo para sair de locais fechados para ficar sob a luz do sol, usar cores alegres, enfeitar as salas, mesas, quartos com coisas coloridas, fazer planos para o verão.

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “S.A.D.

  1. Eu não gosto muito de natal, mas até que simpatizo com o inverno. Acho que não corro muito risco de ter SAD. Mas a senhora, por favor, mantenha-se atrás da linha amarela do trem. And, please, mind the gap….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s