Carente que dói…

Ai… ultra inveja de quem tem mil cartões de natal pendurados pela casa.

Pois é. Verdade. Barango, mas verdade. Por falar em barango, acabei de me lembrar de minha amiga do peito, irmã camarada Tatá (ela se chama Nathália, nunca comenta aqui no blog, mas mesmo assim amo de paixão, e eu acho que sou a única que a chamo assim), que me chama de Super. Super linda, eu imaginava. Não. Super Baranga! Mereço ou não?! Não né?! Mas então. Eu acho que as pessoas deviam voltar naquela época em que não existia e-mails (nem blogs), onde os amigos desconhecidos eram os chamados Pen Pals (amigos de caneta, numa tradução porca, digna de Good Times da BH FM com aqueles locutores ultra barangos), e os correios eram muito mais acionados do que hoje (só conta, conta e conta – frase de minha mãe).

NOSSA QUE PARÁGRAFO MAIS CONFUSO! Puottsss…

Então, quem quiser me mandar cartões de natal, me mandem uma msg que eu mando o endereço (to falando sério!)

 

Anúncios

5 pensamentos sobre “Carente que dói…

    • Eu mando, eu mando! Total já aderi à moda britânica de mandar cartão pra tudo, vou adorar te mandar um!

      (E olha, nem sei se eu já comentei aqui alguma vez, mas já li seu blog inteirinho. Adoro!)

      Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s