Jet Lag

Jet lag é uma condicao fisiológica consequente da alteracao do rítmo cardíaco. Em outras palavras, jet lag é ficar acordado enquanto todos dormem, é ter fome quando ninguém tem, é dormir quando está na hora de acordar.

Minha vida está assim no momento. A jet lag que deveria ter se curado há alguns dias continua firme e forte. Tao firme e tao forte qua na quarta feira passada cheguei no médico com duas horas de antecedencia. Coincidencia ou nao, duas horas é a diferenca de horário do Brasil e da Inglaterra.

Ando procurando a marcha do carro com a mao esquerda. Estou extremamente calma no transito, acreditando que por dirigir na faixa da direita, as pessoas vao se tocar que eu to vindo e mudar de faixa. Ai vem a frustracao. Isso nao acontece.

Vou ao supermercado e passo na sessao de world food pra ver se encontro palmito, arroz (sem ser prá microondas), feijao preto… E apesar de nao se encontrarem na world food, estao pelo supermercado.

Ainda nao cheguei em casa depois da meia noite. Afinal, nem lembro da ultima vez que um pub ficou aberto até o último cliente. Em BH nao tem pub. Bom, ter tem. Só no nome. Lord Pub. É o único que eu consigo pensar, e nao se parece, em nada, nos pubs ingleses. Nem de longe. Nem de nome. Afinal, onde já se viu um pub que se prese ter o PUB em seu nome? Pubs sao chamados de The Vestry, Prince Charles, Henry VIII, Nags Head, The West e nao Lord Pub!

Tento me re adaptar, mas é tao difícil. É tao complicado voltar ao que era antes. É complicado ser X. Ai voce sai do seu ninho e vira X+1, X+2. Agora tenho que voltar a ser X. Nao quero ser X. Alguém explica isso prá minha família?

Sinto falta do frio (oke Deus, sei que eu reclamei, experneei, implorei para que o frio fosse ameno, que desse pra sair de short de casa, mas esse calor é desumano, castigo), da cidade pequenininha comparada a BH, sinto falta dos roasts dinners, sinto falta de colocar meias. Meias me fazem arrepiar. Segredo: ODEIO PÉ QUENTE. Sou daquelas que no verao coloca uma toalha molhada no pé para ficar mais fresquinho.

Há alguns anos ajudei um americano a montar a empresa dele de mineracao. Ontem encontrei com ele, e contando de minhas aventuras expliquei que queria voltar, mas só posso voltar com visto de trabalho (ultra difícil de conseguir), com o visto italiano ou casada. O casada foi excluído das possibilidades, entao só me restara duas opcoes. J. olhou nos meus olhos e falou “dont worry kiddo, i will take care of it. I know a few people from banks that always need bilingual employees. Im sure I can find something for you”. Oke, nao sei se acredito nessas promessas, porque, na boa, nada cai do céu, e é difícil de acreditar que depois de tanto sofrimento, a solucao estaria a um email de distancia. Bom, nao tenho high hopes mas estou torcendo para que de certo. Positive vibes to J.

Anúncios

8 pensamentos sobre “Jet Lag

  1. É horrível ficar com a sensação de ‘estranha no ninho’. Desejo que esse e-mail resolva tudo, ou que pelo menos você consiga voltar rápido pra onde deseja estar. Se não acontecer, pelo menos desejo que você volte a se sentir em casa por aqui!
    Beijos

  2. Não dá pra imaginar ser x outra vez… de jeito nenhum. O carro do lado ‘certo’ da rua e as comidas de verdade pelo mercado eu gostaria de ter. Mas não o calor de matar. É… oremos por J….

  3. Ce vai vortá, melbem.
    O Herr fica se piscandinho todo pra Inglaterra, é doido pra morar lá. De vez em sempre recebe proposta de emprego pra Londres (mas acabou de começar um trampo aqui), e pelo que tudo indica, um dia irei voltar a tomar o chá mais sem graça da minha vida, e o feijão doce & gasoso (rs).

    Portanto, precisarei de guia por Camdens da vida.

    E casá, dá não pq?

    • Longa estória. Mas é principalmente pq Mr. M e eu fomos noivos, e terminamos alguns meses antes do casamento. Um pouco de trauma. Mas nao é só isso… tem tudo aquilo de que nao quero casar por um visto, haja vista tenho opcoes de conseguir o visto, sou orgulhosa, e tal.
      Adoraria ter vc como minha semi vizinha! hahahaha
      beijo

  4. Hello Miss Cherry (acredita que acabei de ler varios posts que voce escreveu, mas ainda nao sei seu nome. rs)

    Entao, antes de mais quero dizer que te achei no mundopequeno.com e estou adorando seus posts, seu jeito de escrever e etc. Nem sei como nao conhecia o seu blog antes.

    Agora vamos ao meu pitaco, pode ser? rs
    Olha, eu entendo perfeitamente a sua situacao, pois ja passei pela mesma coisa ha alguns anos. E assim como eu e voce, muitas outras pessoas tambem passaram. Voce nao eh a primeira e nem sera a ultima nesta situacao.
    Nao pense que vai casar apenas por um visto, isso tira todo o significado da acao, mas ao mesmo tempo, se eh necessario casar para ficar com quem voce ama, por que nao?
    Eu tb fiquei super assustada quando percebi que ou eu casava ou ficaria outros tantos meses sem ver o Stu (meu marido) e nao pensei duas vezes. Foi diferente do que eu gostaria? Claro que foi. Mas nao me arrependo, pois sei que no fundo eu me casaria com ele de qualquer jeito, mesmo que nao precisasse de visto.
    Acho que se Mr M eh o “the one”, nao deixe isso passar, nao deixe o tempo passar… e nao veja o casamento como um meio para obter o visto e sim como algo que aconteceria naturalmente.

    Bjs

    PS1: Desculpe pelo comment enorme, mas eu precisava falar. rs
    PS2: Me emocionei com o post sobre o seu pai… lindas palavras.

    • o casamento realmente está fora de cogitacao, ja pensei, me martirizei, e achei melhor assim. Vo ver minhas opcoes, e se realmente nao sobrar nenhuma,entao irei propor (primeiro a mim mesma) Mr. M o casório.

      Pode mandar vários textos, comentários! liga nao! Adoro comentários
      Beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s