Black Cab

Vamos falar de taxis! Sim, taxis! Não vou entrar no mérito que, às vezes, os motoristas serverm  de terapeutas, âncoras jornalísticos e até analistas políticos. eu quero falar mesmo é do taxi, o carro.

Em alguns lugares os taxis são parte dos elementos da cidade.

Pense em Nova Iorque. Pense no taxi. É aquele taxi amarelo, com listras quadriculada em sua lateral. Você nem precisa ter ido a Nova Iorque para saber e poder visualizar em sua mente como é o famoso yellow cab.

Na Índia, tem os tuc-tucs. Eles são uma espécia de tricíclo coberto, que desafia as leis da física (e principalmente as de trânsito).

No Rio, acho que imitando os taxis de Nova Iorque, são amarelos com listras azuis.

Em Belo Horizonte são brancos. Todos brancos. A não ser pelos taxis especiais que são azuis.

Na Inglaterra, os taxis são aqueles black cabs. Eles são, para mim, uma das melhores opções de taxis. Eles não são uma van, mas cabem, de cara 5 pessoas sem contar o motorista! E é dele que eu vou falar.

Não só existem os black cabs. Existem os carros comuns que são convertidos em taxis, como em qualquer lugar do mundo, mas a graça toda está nos taxis TX4.

Agora um pouco sobre a história deste meio de transporte que eu tanto gosto. O que muita pouca gente sabe é que há uma outra designação para taxis, Hackney Cab. A origem do nome vem da palavra inglesada Hackney, do francês “haquenee”, uma raça de cavalos conhecida pela sua habilidade de trotar a velocidade moderada e por longos períodos. Excelente para puxar carruagens. A palavra cab é abreviação de cabriolet, termo comum para carror conversíveis. Cabriolet, no entanto, significava uma carruagem leve, de duas rodas, puxada por apenas um cavalo. Finalmente, a palavra taxi é a abreviação de taximetro. O taximetro foi inventado na Alemanha. Taxe em alemão significa cobrar.

O black cab é tão turístico como o red double deck bus.

O tradicional preto está sendo trocado, por causa das propagandas que são estampadas nas laterais dos carros, por cores como o amarelo, rosa choque! Qualquer pessoa pode, inclusive, comprar um anúncio e coloca-lo na porta do taxi.

Ah, se você está acostumado àqueles taxistas que não param de falar, os ingleses não são assim. Não mesmo!

Anúncios

3 pensamentos sobre “Black Cab

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s