If I could…

Então, sei que há alguns meses, eu larguei de mão este blog. Não foi por algum motivo aparente. Ou foi. A coisa é que o seguinte, acabou que estou trabalhando num escritório de advocacia, que apesar de não ser meu sonho, tem um ambiente bem legal. Mexo com direito empresarial, então, dos males, o menor.

Paralelamente, tenho corrido atrás da documentação para a cidadania italiana, e guess what?! Consegui todos! Todos… MENOS UM! Um… o mais importante, o mais impossível de ser encontrado: a certidão de nascimento do meu bisavô. (quem ler este post, e morar na Itália, região de Napoles, e querer me ajudar pro bono, por favor, entre em contato. Eu só preciso da certidão de nascimento! Aqueles que puderem me ajudar, de qualquer forma, até apoio moral, por favor, entrem em contato também).

Me desanimei um pouco com as coisas, parece que sempre que dou um passo à frente, algo faz eu dar dois passo para trás. Parece uma coisa. Por mais que eu reze, que eu me dedique.. algo acontece.

Até jogar na Mega Da Virada eu joguei. 9 jogos. 3 meus, 3 do Mr. M e 3 surpresinhas. QUASE ganhei! Por pouco! Por quatro números! Uma vez por mês eu irei jogar. New year’s resolution.

Sabe, uma amiga se casou com um gringo. Foi meio de supetão, fiquei surpresa com a rapidez que tudo fora organizado, preparado. Eles tiveram de se separar, pois ele não se adaptou ao país, muito pelo contrário. Criou uma aversão tamanha, que preferiu voltar para o país de origem a ficar aqui por mais um tempo. Agora ela se vê numa situação que ele pressiona para que ela vá para o país de “primeiro mundo” dele, e ela torce para que ele dê uma nova chance ao nosso país. Hmmm, sei não. Tenho meio que medo dessas coisas acontecerem, mas ao contrário. Eu ter que pressionar o Mr. M de ficar no país dele, e ele torcer com toda sua força para que eu não queira sair daqui!

Prometo escrever mais. New year’s resolution II

Anúncios

5 pensamentos sobre “If I could…

  1. Olha que bom te ver por aqui de novo! Então, que ajudar assim mesmo eu não posso, mas tô na torcida. Já tentou procurar alguma comunidade de orkut (oi, existe ainda?) ou no FB de brasileiras em Napolis para pedir uma ajuda?
    Beijos

  2. Puxa que susto ver esse blog atualizado!!

    Mas não se pré-ocupe, você já se acostumou com terras inglesas e lá ficará de boa (sentiu a cutucada?).

    Sobre a cidadania, eu tive o mesmo problema com a alemã. Tive todos os documentos……. menos um. Uma tal de matricula consular que não existe mais, tudo queimado na segunda guerra! Ninguém tem! Como assim?

    afe.

    • Se eu te contar, que eles não iam aceitar nada se eu nao mudasse meu nome, teria que mudar para FIORI. mas ai bati o pé falando que o sobrenome já é conhecido, se tornou marca da família. Ai nao aceitaram. Tive que arrumar foto de nome de praça, escola, hospital. (sou chique benhe, meus avós eram suuuuuuuuuuuper famosos) hahahahah

      Ai deus queira que eu consiga tudo!

  3. Caraio! Maravilha te ver de volta, mineira! Pelo visto já tem uns dias que vc anda escrevendo, mas não tava atualizando na minha lista. Deve ser castigo, por ficar tanto tempo longe. Vou ajudar torcendo, mas não acho que vc ande pra trás em nenhuma circunstância. As coisas vão acontecendo da melhor forma pra vc e vc nem percebe. Anyway, não vejo a hora de vc chegar aqui… cheia de pingas e doce de leite…. bjao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s