Hoje é dia de Lulu, bebê!

Há alguns anos, quando, pela primeira vez, atravessei o Atlântico, não esperava sentir falta de coisas que eu senti. Não esperava comer arroz puro, por simples saudades daquele arroz feito pela Rosa (já que minha mãe não cozinha), ou ouvir forró pelas ruas, ou mesmo ouvir o rádio e entender tudo que se fala, e não apenas algumas palavras e rir junto com os outros de piadas que não entendia.

Sentia falta ouvir música brasileira. Daquela que nos faz parar e pensar na praia, sol, cerveja e futvolei. E olha que sou de Belorizonte, onde obviamente, não há praia e futvolei. Foi ai que Lulu Santos entrou no meu ipod. Já ouvia sua música desde os primórdios tempos que Malhação tinha como tema uma de suas músicas, André Marques não era apresentador do Video Show, e sim o Mocotó, e Malhação era uma academia e não um colégio.

Lulu Santos entrou na minha vida para me fazer companhia. Nos momentos que ficava sozinha em casa, esperando Mr. M chegar, colocava o CD Acústico Duplo MTV e pronto!

foto by @anaclaraflores

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s