Dado Dolabella – capítulo II

Mais uma vez o meu “querido” Dado Dolabella aparece nas manchetes dos principais jornais. Para meu espanto ele não agrediu nenhuma mulher. Nem mesmo esteve envolido em briga. Ele foi pego com drogas.

Quem me conhece sabe da minha tolêrancia falta de tolêrancia com drogas. Tenho pavor, ica, nojo (se você usa, faça à vontade, mas bem longe de mim, pois eu vou falar que você é um idiota, que você é fraco, e você não vai gostar de ouvir isso). Ao ler a reportagem sobre o incidente meu sentimento quanto ao querido Dadinho somente cresceu e mudou. Eu tenho pena (bem assim, com desdém, como agente tem pena de pessoas ruins) dele. Acho que ele é um attention seeker. E que, obviamente, tem sérios problemas comportamentais.

Então, Dadinho foi parado numa blitz no Rio. A blitz parou o carro dele pois considerava o carro suspeito (por causa dos vidros escuros e por ter três pessoas dentro).  Há algumas semanas o carro do Dadinho foi parado em outra blitz. A documentação não estava em dia, e Dadinho recusou de fazer o bafômetro (oke, direito constitucional de Dadinho, ninguém é obrigado a constituir provas contra si mesmo). Nessa blitz nosso herói perdeu sua carteira de motorista.

Voltando a prisão, Dadinho quando foi conduzido à delegacia pediu para não ser preso, pois sua imagem já estava muito desgastada. Dadinho disse à polícia que não se lembrava onde havia comprado a substância nem onde havia guardado. A não ser que o carro de Dadinho funcione à base de energia solar, ou sei lá, é um carro elétrico, Dadinho realmente havia se esquecido que deixou a ervinha num pote de vitamina C (imagino aqueles potinhos de Energil C) na tampa do tanque de combustível (ele devia ter falado que algum frentista armou tudo isso para cima dele, seria mais aceitável).

Aguardem, com certeza haverão mais capítulos da série Dado Dolabella.

AH! Lembrando que o Brasil sil sil deu R$1 milhão para esse HOMEM! Não se esqueçam disso!

capítulo 1


Anúncios

Beleza Britanica

Hoje, fui ler os posts da comunidade de Brasileiros no Reino Unido e vejo que alguém postou uma repostagem que falava sobre as inglesas. Falavam que uma pesquisa internacional apontou as inglesas como as mais feias. E não era só a aparência que contava.

Muito se foi falado nessa pesquisa sobre o comportamento das inglesas, que bebem feito homens, que tem péssimas tatuagens, que não ligam para o corpo, que se vestem de forma que nem dá para se explicar.

Quando cheguei aqui, pelaprimeira vez, quase 4 anos atrás, reparei que as inglesas usavam muita maquiagem. Àquela época, eu carregava na minha necessaire um lápis, uma máscara para cílios e um blush. Tudo da AVON. Nada contra, mas confiram, hoje, minha necessaire para comparar rs.

Comecei a reparar na forma que elas se vestiam e, no início, era tudo tão novo que não me dei conta. Também, era inverno e os casacos escondem muita coisa né?! Com o passar do tempo reparei que elas não eram tudo que eu imaginava. Elas realmente tinham um problema de atitude (sabe quando as mulheres tentam se igualar aos homens, inclusive na forma de se vestir, de se comportar, de falar…). Vi diversas mulheres se esburracharem no chão por causa de cerveja (já vi milhares desses ocorridos no Brasil, mas normalmente não é numa quinta feira, no pub local), já vi e ouvi absurdos por causa que um cara esbarrou na donzela, ou mesmo chegou para conversar.

Essa pesquisa mostra o que está nas ruas daqui. Não quero dar uma de mulherzinha, mas quem me conhece sabe como eu sou. Não falo palavrão. Abomino palavrão. Acho que é feio para homem, quanto mais para mulher. E sim, sou à favor de que homem tem que se comportar de uma maneira e mulher de outra. Aqui parece que esse limite, essa diferença não existe ha algumas gerações!

CHAVS – Os chavs, creio eu, são o alvo da pesquisa. Eles são pessoas que vem da classe trabalhadora, nem sempre estão empregados e basicamente vivem de benefícios. Tem sérios problemas de atitude, falam alto, xingam, brigam por quase nada e, ao meu ver, tem um grande patriotismo. Sempre são vistos com blusas do país, tatugens com brasões nacionais. Bebem cerveja e cidra. Não vou nem citar drogas, até porque não há que se falar mais que quem usa drogas vêm de específicas classes sociais. Continuando, os chavs vestem roupas de marcas como Adidas, Nike, e até Burberry (são conhecidos pela falsificação da mesma). As mulheres usam argolas enormes, anéis, pulseiras, sempre douradas. Sempre estão rodeadas de sua prole (muitas já tem filhos aos 14 anos e não, não são casos isolados. A Inglaterra tem a maior taxa de gravidez na adolescência da EUROPA).


E-band

Quando vi para cá, lamentei (entre outras coisas) não poder assistir meus programas favoritos. Não sou viciada em programas de televisão, mas existem uns que sim, assistia toda semana. Então, a Band tem o eband, que funciona como o iplayer da BBC. No eband você  consegue ver qualquer (eu disse QUALQUER) programa da Band. CQC, A Liga, É Tudo Improviso, Polícia 24 horas, Jornal da Band, etc.

Prá quem está fora de casa, com saudade da programação da tv brasileira, vale a pena tentar o EBAND.

Para quem não conhece A LIGA, eu insisto. Assistam o episódio Moradores de Rua. Se não gostarem (o que eu duvido) podem desistir, não vou insistir, prometo, mas se gostarem, assista os outros episódios, vale muito a pena.

Dado Dolabella

Posso falar? Esse Dado Dolabella é um idiota. Desde o episódio que ele surtou no programa Gordo a Go-go da MTV, com o Joao Gordo (para lembrar do caso, clique aqui) eu comecei a achar esse cara “errado”. Nao gosto pessoas muito cheias de si e ele é a personificacao disso. Nao entendo como há pessoas que acreditem no seu talento. Basta lembrar de uma das suas novelas, Senhora do Destino (aquela da Nazaré, da escada, da Maria do nao sei o que), que ele fazia um cara que nao gostava de trabalhar e passou metade da novela dormindo ou se engalfinhando com a Carol Castro.

Entao, esse preclaro nao parou por ai. Namorou com a Luana Piovanni (outra que nao tenho a menor simpatia) e de uma hora para outra aparecem manchetes nos jornais do país e portais dizendo que ele a agrediu na frente de todos numa festa e a pobrezinha da camareira Esme. (vídeo aqui).

Justica seja feita. Ele foi condenado a dois anos e nove meses de detencao em regime aberto. O que isso significa? Bom, se a LEP (Lei de Execucao Penal) fosse cumprida, deveria sair da casa de albergado as 6 da manha e retornar as 22. Deveria pedir autorizacao ao juíz competente para eventuais viagens. Alguém aqui imagina esse menino criado por vó passando a noite em casas de albergado ou cadeias? Nao, né?!

Bastava isso para meu desgosto por ele ser tamanho, ha uns dias vejo no portal da Globo que sua mulher, Viviane Sarahyba, entrou com um processo de agressao contra ele. Pedindo, inclusive, separacao de corpos. Meu Deus.

E ainda derao a ele o premio do reality show A Fazenda! Um milhao! Ai meu pai!

Nao nego, ele é bonitinho, apesar de sua beleza me lembrar Justin Bieber (pessoas amantes de Justin Bieber, nao estou falando mal, estou apenas falando que Dado e Justin tem uma beleza, digamos, inocente, jovial), mas quem cairia no conto da carochinha mais uma vez? Já nao está provado que esse delinquente é agressivo, temperamental? Morro de preguica de gente assim, que nao sabe controlar seus instintos.

Maracujina nele!

What did you see?

Assisti hoje o que deve ser o último episódio de Flash Forward. Acho uma pena a ABC ter cancelado a continuidade da série, espero mesmo que logo eles mudem de idéia e lancem a segunda temporada.

Mas então, a série se trata sobre o futuro. Todas as pessoas do mundo, em decorrência de um experimento científico, caem em sono profundo e veem o futuro.

Lunática como sou (leia-se vivo com cabeça nas nuvens), fiquei pensando: como será minha vida em 6 meses? Nem é tanto tempo a frente assim, mas é o suficiente para dar uma guinada na vida de qualquer um. Em 6 meses, eu me vejo morando com o Mark, morando na Inglaterra, talvez até com o passaporte italiano que eu ainda luto em tirar. Será próximo ao Natal, então também me vejo andando pelas ruas de Brighton, Chichester, Portsmouth coberta em casacos elegantérrimos, com botas quentinhas, e cachecóis bem coloridos. Para quem está em Belo Horizonte, morrendo de gripe, torcendo para que o namorado chegue logo em casa para conversar, essa seria uma grande mudança.